Notícias

CRF/SE LANÇA INFORMATIVO E APRESENTA FUTURA SEDE EM CONGRESSO


16/09/2019 15:06

04c1ca6a-c430-49b0-842f-38b972a8cf74_5388491ea0b2b352b74aba4c213.jpg

O Conselho Regional de Farmácia de Sergipe (CRF/SE) esteve presente no VI Congresso de Farmácia Comunitária neste último final de semana, entre os dias 13 e 14. A participação do Conselho foi marcada pelo lançamento do informativo Fiscalização Sem Mistérios e apresentação das instalações da nova sede.

Os farmacêuticos precisam se atualizar às demandas tecnológicas e foi a partir desse tema que as discussões ocorreram no congresso, que existe há 10 anos. Segundo a presidente da Sociedade Brasileira de Farmacêuticos e Farmácia Comunitária (SBFFC), Vanilda Aguiar, o congresso objetiva a troca de experiências entre profissionais e até mesmo estudantes de Farmácia. “A Farmácia possui 136 áreas de atuação, procuramos discutir além da Farmácia Comunitária, agregando todo o segmento”, afirmou Aguiar.

Dentre os novos desafios propostos pela sociedade e discutidos durante o evento está a questão da “Farmácia Comunitária na Revolução 5.0, inserção de novas tecnologias para facilitar o provimento desses serviços, como os testes rápidos e a telefarmácia”, explicou Francilene Silva, secretária-geral do SBFFC e coordenadora científica do evento.

O presidente do CRF/SE, Marcos Cardoso Rios aproveitou o Congresso para fazer uma explanação do trabalho que vem sendo realizado em prol da valorização da classe. “Nossa participação no Congresso é extremamente importante. Estamos próximos do nosso público: profissionais e futuros colegas, para informá-los dos nossos papéis e funções”, destacou Rios.

Durante o congresso o Conselho lançou, no estande montado para recepcionar os congressistas, a cartilha: Fiscalização Sem Mistérios. Um projeto educacional informativo, fruto do projeto Educar Para Fiscalizar, desenvolvido há cerca de um ano pelo Conselho Regional de Farmácia, a fim de compartilhar assuntos da área e ampliar o conhecimento dos profissionais e estudantes.

“O lançamento da cartilha consolida o projeto elaborado com muita dedicação. É gratificante ver o marco do sucesso desse novo material”, revelou Larissa Carvalho, vice-presidente do CRF/SE, uma das propulsoras do projeto.

O manual didático além de tirar dúvidas frequentes, comunica demandas fundamentais. A estudante de Farmácia da UFS, Viviane Fonseca, diz como recebeu a novidade. “Achei bem interessante ter esse material, é muito importante informar a importância da fiscalização", contou a estudante.

Para o vice-presidente do Conselho Regional de Farmácia de Alagoas, Robert Nicácio, o informativo é uma iniciativa a ser reconhecida e copiada por outros regionais, pois o viés educativo é mais uma forma de valorizar a fiscalização. “É importante conhecer as experiências exitosas para através das nossas adaptações, elaborar um material que reforce a legislação, diretrizes e resoluções”, elogiou Nicácio.

Durante o Congresso também foram apresentadas as plantas baixas da reforma que a sede do Conselho vai passar nos próximos meses. Segundo a secretária-geral, Elisdete Santos, o formato do estande proporcionou uma maior interação com o público. Além dos participantes terem a oportunidade de conhecerem melhor todos os bastidores do trabalho realizado no CRF/SE, desde a parte educacional até a preocupação com as instalações da casa do Farmacêutico.

“Nossa proposta de reforma é trazer uma sede moderna, acessível e mais acolhedora para que os farmacêuticos possam se sentir em casa. Eles precisam entender que a sede do CRF/SE é um espaço onde pode ser usufruído de diversas formas, como fazer reuniões e cursos”, afirma Elisdete. Para ela, com as melhorias na estrutura, a sede do Conselho tem bastante potencial para se tornar referência.

A Conselheira Federal Fátima Aragão e o diretor Tesoureiro, Fábio Ramalho também estiveram no Congresso representando o Conselho.

Ouvidoria