Notícias

01.06.2018

CRF/SE PROMOVE SEGUNDA EDIÇÃO DO CURSO DE LICITAÇÕES

Primeira edição, realizada em fevereiro, teve excedentes e houve necessidade de realização de mais um curso



Na tarde desta quarta-feira, 30 de maio, o Conselho Regional de Farmácia de Sergipe (CRF/SE) realizou mais uma edição do Curso de Licitações. A primeira edição aconteceu ainda em fevereiro e foi um sucesso; por conta disso, o Conselho trouxe mais uma vez a bacharel em Direito e chefe da divisão administrativa e financeira do Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Aline dos Santos Cardeal, para falar um pouco sobre a temática e capacitar o farmacêutico do serviço público para que ele trabalhe de maneira mais eficaz e otimizada nos trâmites administrativos.  

 

Sobre essa segunda experiência, Aline afirmou que, como da primeira vez, foi uma tarde bastante proveitosa. “O pessoal participou, tirou dúvidas, foi bem dinâmico e teve bastante envolvimento do público”, explica ela. Aline ressaltou ainda a importância de o farmacêutico estar familiarizado com os trâmites relativos aos processos licitatórios: “Muitas vezes eles [os farmacêuticos] não participam diretamente de comissões de licitação ou de equipes de pregão, por exemplo. Mas, é necessário ter uma noção desse processo, porque eles são influenciados diretamente”. 

 

Essa necessidade também é percebida na fala da professora e farmacêutica Kérilin Stancine, que estava presente durante o curso. Segundo Kérilin, “a aquisição de medicamentos está dentro das nossas atribuições enquanto farmacêuticos e faz parte da nossa função no sistema público de saúde. Assim, é importante que a gente tenha respaldo técnico e legal para poder fazer a aquisição da melhor maneira, afinal, estamos mexendo com dinheiro público”. 

 

Vitor de Oliveira Martins, estudante do curso de Farmácia da Faculdade Maurício de Nassau, também afirma ter gostado do curso. “Superou minhas expectativas”, explica rindo. “Vim para entender um pouco mais sobre essas questões administrativas, mais por questões pessoais e de acúmulo de conhecimento. Mas, o curso me abriu um olhar para essa questão das licitações que antes eu não percebia. Foi bem interessante poder tirar as dúvidas que eu tinha a respeito dessa temática”, completa. 

 

Já o Diretor Tesoureiro do CRF/SE, Fábio Ramalho, acredita que esse seja um tema que é essencial para o farmacêutico conhecer, principalmente o profissional do serviço público. Fábio acrescenta ainda: “Na prática, algumas atividades licitatórias acabam também sendo demandadas para o farmacêutico, então é preciso ter domínio sobre o tema. No entanto, às vezes acabamos tendo dificuldades e, por isso, cursos desse tipo são essenciais”. Por fim, ele agradece em nome de toda a Diretoria do CRF/SE a todos os que estiveram presentes durante a tarde.







Copyright © 2018
Direitos Reservados